As camisetas estampadas por artistas plásticos para a marca Pignon Noir da produtora cultural e empresária Andrea Nero são todas assinadas por artistas, das mais variadas linguagens culturais.

Andrea Nero - Pigon Noir

A primeira coleção traz nomes como Alexandre Eschenbach, diretor de animações em 3D, pintor e escultor; Vermelo Stem, cenógrafo, artista plástico e grafiteiro; Gi Marcondes, artista plástica e designer de moda; Paulo Vicente, fotógrafo e artista plástico; Priscila Prade, fotógrafa de prestígio em editoriais com atores famosos; e Alexandre Nero, ator, cantor e compositor.

Vermelho Steam – leva para sua linha algumas de suas obras realizadas na Bienal de Grafite 2015 (Menina Dormindo), quadros e grafites realizados nos EUA e em avenidas de São Paulo.

VERMELHO STEAM

Vermelho Steam
Alexandre Eschenbach – em sua linha, rascunhos de estudos em modelo vivo e aquarelas, tirados de seu sketch, além de camisetas com estampas de quadros, como o Gato Robô. Alex fez algumas camisetas infantis sob encomenda para a Pignon Noir com técnicas digitais.

Alexandre Eschenbach
Priscila Prade – a fotógrafa levou uma imagem autoral que reforça a relação com o homem: a foto “Carinhoso”, retrata um coração nas mãos de Alexandre Nero, usada em um clipe musical dele. A imagem está no livro que Priscila publicou recentemente.

Gi Marcondes – a artista plástica desenhou suas camisetas a partir do tema Freak Show, trazendo a inclusão social para sua linha. Em uma das obras, Gi usou uma menina com deficiência física e com um coração na cabeça, representando que a falta de amor vem também da cabeça das pessoas.

Gi Marcondes
Paulo Vicente – o fotógrafo e artista plástico se baseou na vida de duas irmãs siamesas que moram na Índia e trabalham em um circo dos horrores, conhecidas como irmãs aranha.

Paulo Vicente

Paulo Vicente
Alexandre Nero – suas camisetas levam frases famosas nas redes sociais do ator, com ilustrações de Gi Marcondes.

Alexandre Nero
Em versões masculina, feminina e infantil, as camisetas e vestidos foram produzidas em matéria-prima ecológica e são bem democráticas, indo do tamanho 4 (infantil) ao GG adulto.

À frente da Occhio Nero Produções, Andrea enxergou nas camisetas uma forma de expressar um pouco do que gosta nas artes. “É como se nosso corpo fosse uma moldura, que pode carregar uma obra de arte, mas de forma acessível a todos. Camiseta é uma peça que pode demonstrar de uma forma bacana a personalidade e o humor de uma pessoa, afinal cada dia acordamos de um jeito e a roupa que escolhemos reflete esse humor”, comenta.
A proposta da marca é ter sempre estampas com assinaturas. Algumas delas serão vendidas como obras de arte: em série limitada e numeradas.

A coleção completa pode ser vista e comprada no site da marca www.pignonnoir.com.br e variam de R$ 125,00 (as infantis) a R$ 250,00 (vestidos adulto), entregues em todo o País.