A Volvo Cars revelou dois carros-conceito que apontam a direção da estratégia global de renovação de toda sua gama até 2019. Os carros-conceito são da Série 40 e demonstram como a Volvo planeja expandir sua atuação no promissor mercado de veículos premium compactos: a combinação de design arrojado, conectividade de ponta e tecnologias de propulsão elétrica e direção autônoma.

carros-conceito-Volvo-destaque

Carros-conceito Volvo Cars:

  • Modularidade da plataforma CMA oferece diversas versões de carroceria
  • Propulsão híbrida plug-in e elétrica fazem parte do novo portfólio
  • Produção do primeiro modelo está prevista para 2017

Volvo_Concept_40_2_profile

Volvo Concept 40 2 rear quarter low

Os protótipos foram os primeiros construídos sobre a versátil plataforma CMA (Compact Modular Architecture), desenvolvida exclusivamente para veículos considerados de pequeno porte, que proporcionou à marca explorar um design mais ousado e arrojado.

T5 Twin Engine on CMA and T8 Twin Engine AWD on SPA

“Cada novo integrante dessa família de veículos terá identidade própria. A plataforma CMA nos ajudou muito nesse sentido, pois deu liberdade de criação às equipes de design e engenharia. Os novos carros-conceito têm energia e um caráter urbano fortemente estabelecido que os destacam na multidão. Esse é o tempero dos Volvo compactos que estão por chegar”, disse Thomas Ingenlath, vice-presidente sênior de Design do Grupo Volvo Car.

Os novos carros compactos são essenciais para a transformação global da Volvo, tanto operacional quanto financeira, já em curso. Os recentes modelos lançados das famílias 60 e 90 são produzidos sobre a também versátil plataforma SPA (Scalable Product Architecture) e, nos próximos quatro anos, será lançada uma gama mundial de carros baseados na arquitetura CMA.

Essa nova gama de compactos incluirá um modelo 100% elétrico, assim como diferentes trens de força híbridos dotados da tecnologia Twin Engine plug-in, em linha com o compromisso estabelecido pela empresa de utilizar propulsão elétrica em todo o seu portfólio. A marca almeja vender globalmente mais de 1 milhão de veículos com tecnologia elétrica até 2025.

“Por meio da modularidade para a arquitetura do veículo e o desenvolvimento do powertrain, demos um grande salto no segmento premium”, disse Peters Mertens, vice-presidente sênior para Pesquisa & Desenvolvimento. “O desenvolvimento de uma nova bateria elétrica abre um novo capítulo na história da Volvo.”

Com design exterior arrojado e opção de motorização elétrica, os novos carros também vão oferecer uma linha completa de serviços de conectividade inovadores, além do pacote mais avançado do mundo em equipamentos de segurança e um inspirador design do interior.

Carros-conceito Volvo lateral

Volvo_Concept_40_1_front_seven_eights

Volvo_Concept_40_1_rear_quarter_high

Volvo_Concept_40_1_rear_three_quarters

“Os novos carros da linha 40 têm o potencial de aumentar a participação em um segmento importante que está crescendo”, afirmou o presidente e CEO, Håkan Samuelsson. “O desenvolvimento de novos motores, que inclui o Twin Engine plug-in híbrido, bem como uma versão 100% elétrica, é fundamental para a plataforma CMA.” Ele acrescentou que o primeiro veículo da Série 40 está previsto para entrar em produção em 2017.

O anúncio da nova estratégia de carros compactos globais da Volvo chega logo após um forte início de ano em termos de venda e rentabilidade para a marca.