Design

5 dicas simples de decoração de ambientes pequenos

Por  | 

A arquiteta Tatielly Zammar ensina truques para dar a sensação de amplitude na decoração de ambientes pequenos.

Com o ritmo acelerado de crescimento da população mundial, a tendência é que as moradias fiquem cada vez menores. Porém não há necessidade de se sentir apertado ou de investir uma fortuna para quebrar paredes e realizar uma reforma. A arquiteta Tatielly Zammar dá cinco dicas simples para deixar ambientes pequenos mais amplos.

Arquiteta Tatielly Zammar - Fotógrafo Nenad Radovanovic

Arquiteta Tatielly Zammar – Fotógrafo Nenad Radovanovic

Integrando e clareando
Espaços integrados e multifuncionais são uma boa pedida. A utilização de um mesmo piso em todos os ambientes, cores claras e suaves, além do uso de vidros e de luz natural, são alguns dos truques recomendados pela profissional. Ela afirma que em espaços pequenos, qualquer excesso de informação pode ser prejudicial. E as cores são, cada uma delas, uma informação diferente. Sendo assim, o ideal é criar uma base neutra, de tom claro para não sobrecarregar, ou então dar preferência para apenas uma cor, de maneira a deixá-la bem marcada no ambiente.

Refletindo
A utilização de espelhos é bastante recomendada, pois refletem a luz, o próprio ambiente e dão uma sensação imediata de amplitude, mas devem ser colocados com cuidado, em posições estratégicas para levar o efeito desejado. “Escolha espelhos grandes e posicione em mais de uma parede no mesmo espaço para alcançar o efeito de infinito. Quando bem usado, o espelho desaparece do ambiente”, explica Tatielly.

Mobiliando
Na hora de escolher os móveis, a dica é observar as proporções. Portanto, em locais pequenos é aconselhável que o mobiliário também seja reduzido. Uma outra dica interessante para racionalizar o uso dos espaços são os móveis que se transformam, pois desempenham diversas funções, mas utilizam uma mesma área. A arquiteta também aconselha mobílias soltas, já que são multiuso e podem ser retiradas do caminho quando necessário, como peças em rodízio, tendo as qualidades de serem versáteis e atenderem diversos ambientes.

Iluminando
A iluminação é outro fator importante. Quanto mais claro o ambiente, maior ele fica. Segundo a profissional, o uso de luzes diretas e indiretas, aliadas às cores claras e aos espelhos, podem surpreender no resultado.

Suspendendo
Uma boa dica é não encostar o topo dos armários no teto, e utilizar, quando possível, móveis suspensos. “Recursos e elementos que voltem a atenção para o alto, tais como painéis, molduras de teto, elementos verticais como espelhos ou quadros, fazem com que as diferentes dimensões sejam valorizadas e, com isso, os limites horizontais ficam menos evidentes, ampliando o espaço”, completa Tatielly.